01/05/2017

Passeio: Aljustrel



Casei-me há sete anos numa véspera de feriado e apesar de a escolha da data não ter tido nada a ver com isso, calha muito bem para fazermos uma escapadinha no nosso aniversário. [Vésperas de feriados são bons dias para casar #freetip] Este ano só queríamos namorar e relaxar, nada de programas extensos com check list de coisas a visitar. Estávamos mesmo a precisar de não fazer nada por isso a escolha óbvia foi o Alentejo, e depois de uma "voltinha" pelo airbnb decidimos ir para Aljustrel.



Ficámos na Casa com Pereira, mesmo no centro da cidade, em frente ao jardim municipal. A casa é um mimo, cheia de detalhes amorosos (até o meu marido notou!) e tem um terraço fabuloso onde passámos a maior parte do tempo. Fomos super bem recebidos pela Maria Ana, que além de muito simpática, nos presenteou com alguns produtos da região: pão alentejano, queijo, vinho, enfim, tudo o que é preciso fazer duas almas felizes!




Aljustrel é uma pequena cidade de interior encimada pela Ermida de Nossa Senhora do Castelo e enfeitada por moinhos de vento pousados nas colinas em redor. Subimos a pé à ermida e passeámos pelo interior da cidade. Por sugestão da nossa anfitriã subimos ao Moinho do Maralhas, de onde pudemos observar a exploração mineira, uma paisagem totalmente diferente da que já tínhamos visto a partir da ermida. A memória e o património ligados à mina estão muito presente na arte pública e na toponímia e é até possível fazer visitas guiadas à zona mineira. Como imaginam isso ficou para outras núpcias.




Nós só fizemos isto: caminhadas a pé, relaxar no terraço, namorar, comer e dormir. Ainda assim gostámos muito e havemos concerteza de voltar!



2 comentários: