segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Gola terminada e 101 coisas para fazer em 1001 dias

Sem comentários:
A gola em que andava a trabalhar ficou finalmente pronta e estou muito feliz com o resultado. Usei o esquema Infinity loop lace shell circle scarf da Accessorise que achei óptimo, muito bem explicado e com fotografias a acompanhar cada passo, o que ajuda bastante. O fio escolhido foi o Amitola da marca Louisa Harding que comprei na Tricot das Cinco. Foi a primeira vez que trabalhei com este fio e não vai ser a última: apesar de ser sedoso (80% lã e 20% seda) é irregular o que lhe dá um ar rústico. E tem uma gama de cores maravilhosa!



Este fim-de-semana pus em prática um item da minha lista de 101 coisas a fazer em 1001 dias: escolher um dia por semana para não ir à internet. Escolhi o domingo, e confesso que me custou um bocadinho. No sábado estive fora todo o dia e quando cheguei a casa ao fim da tarde vi uma série e deitei-me cedo por isso foram 2 dias sem internet e ontem só pensava "tenho de ir pesquisar aquilo" ou "daqui a pouco vou à wook espreitar o livro de que estavam a falar"... enfim, já estou tão habituada a utilizar a internet a todo o momento que não foi fácil. Claro que descansei mais e conversei mais do que se tivesse o computador ligado, portanto é para continuar.Vamos ver como correm os próximos domingos.


quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Sem comentários:
Ontem fiquei por casa e entre experiências de granola e panquecas com farinha de aveia estive a fazer uma lista de objectivos que quero alcançar nos próximos 1001 dias.

101 coisas a fazer em 1001 dias é uma proposta do site Day Zero Project que é na verdade uma "rede social" onde compartilhamos objectivos. Podemos ter inúmeras listas e acompanhar os progressos dos nossos amigos*. Como gosto muito de listas, entretive-me a definir os meus primeiros 101 objectivos. Vou tentar fazer um ponto de situação mensal para não me distrair. Escolhi algumas coisas que são bem desafiantes para mim, e quero mesmo concluí-las, por isso acho que fazer um ponto de ordem à mesa de vez em quando vai ajudar-me a não me "esquecer" de nada :-)
E por aí, há alguém que já tenha aderido?
*Sigam-me por lá!

A minha lista:

101 Things in 1001 Days
Feb 17, 2015 - Nov 14, 2017

  1. Fazer um bolo de aniversário para oferecer
  2. Ver 10 filmes clássicos que nunca tenha visto (0/10)
  3. Fazer 5 trekkings que nunca tenha feito (0/5)
  4. Ver 5 filmes de 5 países diferentes (0/5)
  5. Ler a Bíblia toda
  6. Dar sangue regularmente
  7. Escrever uma canção
  8. Escrever uma carta a mim mesma, para abrir daqui a 10 anos
  9. Ir a um concerto
 10. Fazer uma actividade de voluntariado
 11. Fazer um pic-nic
 12. Visitar 5 museus onde nunca tenha estado (0/5)
 13. Ler um livro de poesia
 14. Fazer um retiro de silêncio
 15. Fazer o Caminho de Santiago
 16. Aprender a tricotar meias
 17. Fazer massa fresca
 18. Enviar um segredo para o PostSecret
 19. Ler 100 livros
 20. Deixar de beber leite de vaca
 21. Escolher um dia da semana para não ir à internet
 22. Ir a um espectáculo do Cirque do Soleil
 23. Fazer uma grande viagem de carro
 24. Plantar uma árvore
 25. Completar 10 projectos diy que tenha guardado no pinterest (0/10)
 26. Fazer detergentes caseiros
 27. Enviar 10 postais de aniversário (0/10)
 28. Fazer jardinagem de guerrilha
 29. Beber mais água em progresso
 30. Pintar um livro de colorir inteiro
 31. Visitar 5 castelos em Portugal onde nunca tenha estado (0/5)
 32. Actualizar o meu CV e a minha página no linkedin
 33. Ler um livro em inglês
 34. Ir a um festival de verão
 35. Fazer um jantar à luz das velas
 36. Tornar-me dadora de medula óssea
 37. Enviar um postal por semana (0/143)
 38. Encontrar 25 certidões dos meus ascendentes (1/25) em progresso
 39. Aumentar 20 nomes à minha árvore genealógica (0/20)
 40. Fazer um terrarium
 41. Criar um mini-jardim de ervas aromáticas na cozinha
 42. Fazer uma lista de 101 citações que me inspiram
 43. Fazer uma lista de 100 coisas pelas quais estou grata
 44. Completar o goodreads com os livros que já li em progresso
 45. Não gastar dinheiro nenhum durante uma semana
 46. Pôr de parte 10€ por cada objectivo que completar
 47. Fazer uma venda no OLX
 48. Fazer uma sessão dupla de cinema
 49. Ver um filme no IMAX
 50. Ver uma chuva de meteoritos
 51. Andar a cavalo
 52. Dormir ao relento
 53. Não me queixar de nada durante uma semana
 54. Responder às "50 Questions That Will Free Your Mind"
 55. Visitar as caves de Vinho do Porto
 56. Preparar um brunch caseiro
 57. Fazer uma viagem de comboio
 58. Ir à tourada
 59. Visitar a Serra da Estrela
 60. Acabar 10 projectos que estejam hibernados (0/10)
 61. Experimentar 3 técnicas diferentes de crochet (0/3)
 62. Passear no Porto
 63. Escrever o meu testamento
 64. Reorganizar os meus livros
 65. Ir ver um jogo de futebol ao vivo
 66. Ir a Paris
 67. Fazer a bainha dos cortinados da sala
 68. Comer papas de sarrabulho
 69. Identificar 100 coisas que me fazem feliz
 70. Participar numa extracção de mel
 71. Fazer uma peça de roupa em crochet
 72. Ver um filme com a Audrey Hepburn
 73. Criar uma tradição familiar
 74. Fazer um canto de oração
 75. Recuperar uma peça de mobiliário
 76. Fazer um souffle de chocolate
 77. Começar a beber café sem açúcar
 78. Doar um cabaz de alimentos todos os meses (0/32)
 79. Levar um bolo para o trabalho
 80. Organizar uma noite de jogos
 81. Memorizar um poema
 82. Secar flores em casa
 83. Fazer o puzzle "Le Chat Noir"
 84. Participar nos 40 Dias pela Vida
 85. Fazer um projecto em tecelagem
 86. Acabar o SCA
 87. Voltar aos Açores
 88. Nadar com baleias
 89. Ir ao teatro
 90. Visit Portugal's 7 wonders (Palácio da Pena, Castelo de Óbidos, Mosteiro de Alcobaça, Mosteiro        dos Jerónimos, Mosteiro da Batalha, Torre de Belém, Castelo de Guimarães) (Portugal)
 91. Fazer crescer uma planta desde a semente
 92. Ir a um festival de cinema
 93. Ir a 5 exposições (0/5)
 94. Voltar a fazer marmelada
 95. Demolhar o meu próprio grão
 96. Manter as unhas arranjadas
 97. Assistir ao nascer e ao pôr-do-sol no mesmo dia
 98. Fazer uma massagem
 99. Fazer um trabalho em ponto cruz
100. Ir para a cama antes das 23h durante um mês (0/30)
101. Germinar sementes e incluí-las na minha alimentação

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Chá das Cinco: ligações imperdíveis

Sem comentários:


1. A MAC vai lançar uma linha inspirada no filme Cinderela, que estreia em Março.

2. Um novo fio da DMC, especialmente pensado para bebés, e com uma palete de cores maravilhosa!

3. Birdman, um filme fabuloso! Para perceber melhor (e valorizar ainda mais!) a cena de Times Square ler este artigo.

4. O cachecol mais divertido que vi nos últimos tempos, com esquema incluído.

5. Um suporte para fios e colares (na fotografia), bonito, barato e com potencial de ficar bem em qualquer quarto!

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Work In Progress

Sem comentários:
Como vos disse comecei outra gola, esta mais quentinha para usar ainda este inverno. A linha é matizada e estou a gostar bastante de trabalhar com ela. Hoje à noite vou ao Clube das Agulhas, em Almada, vamos ver entre converseta e bolinhos que avanço lhe consigo dar!



Leituras nos últimos dias:



E a gaveta dos legumes depois de chegar o cabaz cá a casa:



segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Luvas sem dedos em crochet

Sem comentários:
Na semana passada comecei e terminei estas luvas sem dedos que ficaram bem quentinhas e têm sido muito úteis com o calor soviético que se tem feito sentir!




Utilizei o esquema Brina. É gratuito mas obriga a registo e podem encontrá-lo aqui. Nos punhos era utilizado o puff stitch (não sei como se chama em português) mas como não estava a gostar do efeito desmanchei e usei o ponto pipoca. Utilizei um fio óptimo, o Debbie Bliss Cashmerino Aran que comprei na Ovelha Negra.




Entretanto já acabei a gola de Primavera que mostrei no outro dia e comecei outra para usar ainda este inverno. Tenho andado muito produtiva, vamos lá ver quanto tempo é que esta fase dura :-)

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

7 Corações para fazer em crochet

2 comentários:
Coração, de Sara Aires

Já estão a entrar no espírito de S. Valentim? Fevereiro está aí à porta e a internet começa a encher-se de cor-de-rosa, vermelho, xoxo's e corações. Eu como não gosto nada de corações (not!) aproveito para me inspirar e trazer imagens bonitas para os meus dias. Seleccionei 7 esquemas de corações em crochet e quero ver se faço pelo menos um. Se alguém desse lado deitar mãos às agulhas faça favor de partilhar!

1. Granny Heart





















2. Pop Heart


















3. Sweet Hearts



















4. Tiny Hearts




5. Heart in a bag


























Se quiserem mais sugestões espreitem a minha pasta no pinterest só com corações em crochet, aqui

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Chá das Cinco: ligações imperdíveis

Sem comentários:



1. Creme de mãos solidário: uma parte da receita feita com a venda de cada embalagem é oferecida à The Body Shop Foundation.

2. Já todos mais ou menos nos habituámos ao photoshop nas fotografias, mas pelos vistos também é feito nas imagens em movimento há mais de uma década..

3. Esquema gratuito para a manta de crochet na fotografia, inspirada numa viagem a Lisboa.

4. Três dicas para o instagram dos queridíssimos* we blog you.

5. Comer manteiga? Claro que sim, desde que seja manteiga proveniente de vacas de pasto, também conhecida como manteiga do bem :)


*Só os conheço de ler o blog mas passem por lá e vejam se não tenho razão

quarta-feira, 21 de janeiro de 2015

Work In Progress

Sem comentários:
Depois de desmanchar a árvore de Natal e arrumar todas as decorações festivas fiquei com a casa muito triste, e comecei a pensar o que é que poderia fazer para dar alguma graça às paredes despidas. 
Peguei no meu arsenal de postais recebidos e seleccionei alguns para colocar na parede. A ideia é boa mas não foi muito bem conseguida, ainda..



Nos próximos dias vou refazer a disposição, colocá-los mais afastados uns dos outros, para não ficarem perdidos na parede enorme. 



No fim da semana passada comecei uma gola para usar na Primavera, e como não tinha pressa já está quase acabada (eu sei, é uma contradição, não sei explicar porquê, mas este tipo de coisas está sempre a acontecer-me..); por outro lado, o casaco que comecei a fazer em Outubro para oferecer ao meu sobrinho no Natal só  está a ser bloqueado agora. Ainda falta coser as partes, rematar as golas e aplicar os botões:



Espero na próxima semana ter estes projectos acabados!
 

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

Mapa de Refeições - Oferta!

Sem comentários:
Quando escrevi o post anterior lembrei-me que o documento que fiz para mim talvez pudesse dar jeito a alguém. É claro que foi feito a pensar nas minhas necessidades, mas está em português e à distância de um download, por isso, sirvam-se :)

Download


sábado, 10 de janeiro de 2015

Mapa de refeições e uma vida mais saudável

4 comentários:

Uma das minhas resoluções de ano novo, a mais importante, e que começou a ser preparada ainda em Novembro, é uma mudança radical nos meus hábitos alimentares. É uma alteração progressiva, mas definitiva e para já estou muito satisfeita. Ainda é cedo para me sentir mais saudável e enérgica, mais leve e com a pele mais bonita - são os meus objectivos de longo prazo -  mas estou feliz por me sentir bem e não me sentir em privação, que era o meu maior medo.O mais difícil está a ser a água, mas lá chegarei!

Para que comer bem entre na rotina é fulcral estar organizada e saber de antemão o que vou cozinhar, porque se quando vou a caminho de casa é que começo a pensar nisso, é meio caminho andado para a coisa dar para o torto. Por isso, nos últimos dias de Dezembro entretive-me a fazer um mapa de refeições para o mês de Janeiro. Um dia de carne, dois de peixe, um vegetariano e as segundas-feiras, dia em que preciso de tempo mental para organizar a semana, ficaram o dia dos hambúrgueres, umas vezes de carne, outras vegetarianos.


Além da vantagem óbvia ao nível da organização, tem outra muito agradável: quando o marido chega a casa primeiro pode começar logo a fazer o jantar!



* Lembrei-me de vos oferecer o planner que fiz para mim, vejam aqui.

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Diário de Graças

Sem comentários:
Enquanto crescemos metem-nos na cabeça que temos de ser os melhores: os mais aplicados, os mais corajosos, os mais criativos. Se não for pelo espírito competitivo é por causa da realização pessoal. Somos mais realizados se trabalharmos para a perfeição. Mas este mote, se não for bem equilibrado, cria-nos dificuldades acrescidas ao lidar com as dificuldades e os falhanços.
Sei que não estou sozinha nisto. Temos dificuldade em dedicar-nos a projectos em matérias que não dominamos. Lidamos mal com a rejeição. O receio de não sermos óptimos, ou mesmo os melhores,  impedem-nos de sequer começar. Isto está muito ligado às questões da auto-estima e funciona como um círculo vicioso: dificuldade em aceitar as nossas próprias limitações conduz a empreendimentos mal acabados que nos tornam infelizes, que por sua vez nos bloqueiam a vontade de prosseguir..

Aquela que me aparece como a solução mais simples, e que, tijolo a tijolo, tem mais hipóteses de sucesso é a de trabalharmos a gratidão. Sermos gratos pelo que somos e pelo que alcançámos faz-nos sentir bem e funciona como um reforço da auto-estima. Sentimo-nos mais realizados, mais fortes, mais felizes.
Como muitas outras coisas, a gratidão não nos é natural, pelo menos para muitos de nós - os menos treinados. Mas há múltiplas formas de desenvolvermos esse músculo e assim fazermos de nós pessoas mais felizes.

Há quem faça depósitos das coisas pelas quais estão gratos, quem o partilhe publicamente, e quem tenha um diário de graças. Eu vou começar um diário assim, onde escreverei em poucas palavras - ou muitas, o diário é meu! - as coisas boas de cada dia. Não quero que seja um exercício de escrita, apenas e só um rol de tudo aquilo pelo que sou grata, uma espécie de oração.

É uma forma cool de começar 2015 (e de ressuscitar o blog) não acham?

Instagram









quinta-feira, 3 de julho de 2014

Consumista, multi-crafter ou hiperactiva?

5 comentários:
Imagem Mollie Makes


Numa das últimas edições da Mollie Makes uma autora dividia as crafters em três categorias: consumista, multi-crafter e hiperactiva. A consumista passa a vida a comprar material. Agulhas, tecidos, missangas ou fios: de lã, algodão, alpaca, linho... Não há nada que não faça falta. O drama maior da crafter consumista tem duas variantes: destralho a casa e depois encho-a com produtos lindos aos quais não resisto ou destralho a casa para caberem mais produtos lindos aos quais não resisto?

A multi-crafter é uma pessoa curiosa e que tem muita vontade de aprender coisas novas. Por isso, e por ter desenvolvido a capacidade de fazer várias coisas ao mesmo tempo consegue estar a tricotar umas botinhas de bebé, ao mesmo tempo que constrói um álbum em scrapbook e que costura uma almofada para a sala. Faz um pouco de tudo e por não se dedicar muito a nada em especial acaba por não ser especialista em matéria nenhuma.

A hiperactiva conjuga a tremenda vontade e energia para desenvolver projectos artesanais com uma falta de concentração gritante. Isto faz com que tenha dezenas de projectos começados e nenhum, ou poucos, terminados. Por mais que esteja entusiasmada com um novo bordado rapidamente passa a sua atenção para um xaile lindíssimo ou uma manta para a sala.

No meu caso tenho um pouco de todas estas personalidades: tenho mais material do que aquele que preciso (e continuo a comprar!), tenho vários projectos começados e vou fazendo mais do que um ao mesmo tempo e infelizmente tenho muitos para terminar.. E vocês, são consumistas, multi-taskers ou hiperactivas?

sexta-feira, 27 de junho de 2014

Propostas e Tentações: Escrita

Sem comentários:
Imagem daqui


























1. Fazer um workshop de escrita. Porque não?

2. Um poema belíssimo: "Era a tarde mais longa de todas as tardes que me acontecia.."

3. Para reflectirmos: a importância de escrever à mão

4. E tu, já escreveste um postal hoje?

5. E uma carta bonita?



Bom fim-de-semana!




sábado, 14 de junho de 2014

weekend easy crafts

4 comentários:
Bons dias! Tenho sempre mil ideias de coisas que quero fazer em casa: umas porque são úteis, outras porque ficava-tão-giro-na-minha-sala, outras só porque sim. Mas esbarro constantemente na falta de organização (acontece a  mais alguém? De repente acabou o fim-de-semana e não fiz nenhuma das coisas que queria fazer muito menos arranjei tempo para aquele trabalhinho que vi no pinterest!!!), dizia eu, por falta de organização,  de tempo, e às vezes por falta do material necessário!

É por causa disso que há projectos que são tão apelativos para mim: porque são simples, não são muito demorados (embora isto seja relativo) e não carecem de materiais muito específicos, às vezes até chegam as coisas que já existem cá por casa.

Este é um desses projectos, serve para embelezar os cabides no nosso roupeiro, não exige nada mais do que os vulgares cabides de plástico, restos de tecidos bonitos e fita adesiva. Corta-se o tecido em tiras, enrola-se à volta do cabide e prende-se com a fita adesiva. Ta-dah! :-)

E ainda podemos considerar que tem alguma utilidade, quem é que nunca se irritou com aquelas blusas muito fininhas que escorregam sistematicamente do cabide e ficam todas amarrotadas no fundo do roupeiro? O tecido ajuda a segurá-las e é mais provável que se mantenham no sítio!


















Se embelezarem os vossos cabides não deixem de partilhar!

Fonte original: corrie berry pie

terça-feira, 10 de junho de 2014

blogues de culinária: fontes de inspiração

2 comentários:
Eu gosto muito de cozinhar e, mais do que cozinhar, tenho um prazer imenso em servir uma boa refeição. Estar a conversar à volta da mesa enquanto saboreamos uma comidinha deliciosa feita por mim enche-me de alegria :-)

Mas se há algo que eu não consigo fazer é "inventar" na cozinha, sou incapaz de criar uma receita ou começar a misturar ingredientes do zero. Por isso rodeio-me de livros e mais livros de culinária e sigo dezenas de blogues que me servem de inspiração e me permitem variar os sabores.

Vou guardando as receitas que acho que têm potencial em pastas no pinterest e quando estou a pensar no que vou fazer para jantar espreito as pastas ou faço uma pesquisa por um ingrediente que queira utilizar nesse dia.

Há blogues que considero "de confiança" porque já experimentei  várias receitas e saem todas bem e é dessa experiência que vos quero falar porque aquilo que eu já descobri pode ser útil para mais alguém :)

Salada de couscous e requeijão
por Susana Gomes























No topo da lista está o no soup for you. É escrito pela Susana Gomes (que é uma querida que responde sempre aos comentários e perguntas com muita simpatia) e é o meu favorito porque as receitas saem mesmo sempre bem, e porque a Susana tem a preocupação de apresentar receitas saudáveis - nunca têm muita gordura e são nutricionalmente equilibradas.

Das receitas que experimentei destaco as Beringelas com ovos escalfados, o Creme de cogumelos e lentilhas e o Iogurte líquido de limão e canela. Ah.. e os pratos de couscous: com grão, couve e chouriço; com laranja e com requeijão. Divinos!

Outros pratos que descobri desta forma e que se tornaram habituais cá em casa são o Feijão azuki com cogumelos e espinafres e as Lentilhas com caril do blogue Flores de Oliveira ou o delicioso Estufado de feijão-preto e batata-doce do Compassionate Cuisine. [Este é um blogue a seguir com atenção porque para além das receitas óptimas tem informação muito interessante sobre alimentação saudável e cozinha vegetariana.]

Há outros blogues dos quais nunca calhou experimentar nenhuma receita mas que me inspiram pelas belas fotografias ou pelo tom simpático das suas autoras. São o caso do Clavel's Cook, do Le Passe Vite, Chilli com Todos, Hoje Para Jantar, Madame Xícaras, Petiscos e Miminhos, do Coco e Baunilha ou do Lume Brando.

E vocês, como é que decidem o que é o jantar?